14/08/2017

Katy Perry - Swish Swish (Legendado - Tradução) (Ao Vivo)





Eu gosto da Katy Perry... Diversas músicas dela, mas não está no top das minhas prediletas. Mas quando eu ouvi essa música, me lembrei muito de certas coisas que acontecem na minha vida. Eu sofro muito, mas por eu ser uma pessoa justa, eu costumo vencer otárias e vadias que tentam estragar meus planos. De um jeito, ou de outro.



Sempre que "acerto", canto essa música agora. rs.



"Posso cair, mas caio atirando". 



Que a semana seja boa. 

Ai, Deus... Como me tornei tão plástica?

Hoje, senti falta de praticar mais a Bruxaria, que eu acredito que a única religião que vai realmente salvar a minha vida. Realmente. Totalmente. Fui acender minhas velas e me lembrei do quanto aquilo me faz falta.

Ai, a rotina é tão maçante. 
Ainda bem que existe ballet, ainda bem que existem animes. Ainda bem que não casei. Obrigada, Senhor! 

Quando é a noite de domingo para segunda, fico pensando "o que será que deve ter para fazer lá amanhã?"
Eu até sei, mas... já apanhei tanto, que não sei como que ainda não tive um ataque. Espero não ter. 

Minha cabeça está doendo. Desde a parte da tarde.

Em casa quero ter conversas mais profundas, mas é bem difícil. Eu sou sempre a chata. O mundo está sucumbindo. E ninguém se importa.
No trabalho estou segurando uma máscara que está se dissolvendo. Estou sentindo dor. Ta todo mundo indo pro ralo. E ninguém se importa. 

Podia ter uma Terra só para pessoas como eu. Seria mais simples do que fazer com que os outros nos compreendessem.  


Odeio fingir. 
Me cansa e me dói.
Quero ir embora. Acho que não faço mais parte desse mundo.

Me imagino como uma boneca dentro da caixa, tentando rasgar a caixa desesperadamente, como uma tartaruga presa dentro de um resíduo plástico no interior de um oceano. Mas mesmo assim, preciso continuar andando, ou nadando, é a única escolha que eu tenho. 


Estou trabalhando no pior lugar onde trabalhei em toda a minha vida. Se existe um inferno, é lá... Ou uma simulação.

Quero muito sair, sabe? 
Eu estou com a sensação de que os dias estão acabando. Espero realmente estar certa. 

O nível de luta está aumentando, e eu estou guardando o que tenho a revelar para o dia da minha saída.
Eu saio, mas todos saberão da verdade. 

Acho que é isso... :-(


Ai, mudando de assunto.
Que saudade da minha casaaaaaaaaa!!!! 
Preciso conseguir ficar lá.
É urgente. É necessário. 

01/08/2017

Ainda não virei vegana. Não consegui esse grau alto de elevação na minha vida. Mas resolvi apostar comigo para ver quanto tempo eu fico sem comer carne de boi ou de frango. 
Agora estou com mais determinação para negar as coisas que as pessoas querem impor na minha alimentação. 

É bom poder escolher certas coisas na vida.

Beijinhos.

01/07/2017

Descansando... Acho que estou...

Que bom que meu sábado foi moderadamente tranquilo... Pude descansar, fazer as minhas coisas. Faz tempo que não escrevo aqui decentemente. rs

O que vem ocorrendo é que estou muito focada em algumas outras coisas de voluntariado (digital ainda porque o real ainda não consegui retornar... Estou em pânico porque ainda não recebi resposta da minha proposta) que é algo complicadíssimo. Afinal, para fazer bem aos outros é tudo muito mais custoso, do que para fazer o mal... Acho que é para testar se a pessoa está realmente afim de ajudar. Sei lá.

Espero que até o fim do ano isso resolva.

Precisava me preencher. Sinto falta de gostar de alguém. Faz tempo que não me apaixono. E olha que nem fiz feitiço nenhum para isso. Bom. Se bem que peço sempre para ser protegida da maldade. De repente, é isso que estão fazendo. :-)

Tá bom assim.
Só estou com um pouco de medo de não conseguir minha consulta essa semana. Preciso arrancar meu cizo urgentemente. Falam que acontece tanta coisa depois desse procedimento que estou começando a achar que irei virar algum mutante.

Pois é!
Dei um tempinho no que eu tava fazendo e agora to aqui dando uma olhada nas minhas fotos preferidas... Hehehehe!!!
É bom, para não perder o costume.
Bjs.

23/04/2017

Voltando à consciência

Estou com saudade da minha casa.
Quando não gostam da gente. É melhor ir ficar sozinha.

Estou com a minha mãe... Ela ainda esta passando mal. Mas ela não quer a minha atenção. Quer a atenção do meu irmão.

Tenho que dar um tempo.

É melhor para todos.
Quando eu sumo, os problemas somem.

(...)

Tipo... Estou em lugares onde não sirvo para nada. Não sei nem porque estou.
Do mesmo jeito que não sirvo pra nada na empresa... Não sirvo para nada aqui.
Eu deveria ir embora. Assim, não atrapalho ninguém.

Tipo. Fico ajudando quando precisam. E não presto. Aqui... Assim como lá.

Preciso me dar férias. Ja que vou dar esse alivio no emprego.
Devo dar esse alivio em casa também.

Preciso ficar mais tempo com quem está precisando de mim e esse alguém sou eu.

21/04/2017

"Venha sentar aqui fora, pois aqui a vitamina D é grátis"



21 de Abril de 2017 - 10:19

O dia começou muito calmo... E comecei a escrever. E depois me percebi sendo convidada pelo Sol a sair de casa.
(...)

Minha mãe se levantou da cama, foi tomar café e enquanto ela estava dentro de casa, fiquei do lado de fora aproveitando o vento que estava ótimo, parecia um processo de desintoxicação de toda a sufocação corporativa imposta à minha existência por mais esta semana.
Falei para a minha mãe "venha sentar aqui fora, pois aqui a vitamina D é grátis".

Ela não veio.

Hoje é feriado... Dia de descansar, relaxar...

Fiquei em pé, com os olhos fechados e sentindo um pouco a temperatura no quintal! Temos um quintal lindo, cheio de árvores. Mas na maior parte do tempo, estamos trancafiados em escritórios! Então, eu penso o seguinte: "Se temos a oportunidade de ter o vento passando em nossas árvores; porque não ir lá fora contemplar? Se temos a oportunidade de se esticar um pouco sem pensar em nada; porque não aproveitar?"
Simplesmente não dá para entender!

Sempre que posso, sigo minha vontade e vou no quintal, sentir um pouco de felicidade.
Mas o mais engraçado é que, hoje em dia, bate aquela preocupação do que irão pensar. É como se estivéssemos perdendo a capacidade de nos conectar com as nossas próprias almas... Se alguém está sozinho calado, simplesmente respirando; parece que a pessoa está com algum problema. Procuro me colocar nessa situação para "não perder tanto assim" a capacidade da pessoa que mais devo amar, que sou eu.
Meu corpo está com uma ótima sensação agora! Os Deuses estão nos abençoando através da Natureza, da Luz da Lua, dos raios solares!
A presença Divina está na Natureza. Quanto mais Natureza, menos doenças!

Se eu posso estimular a produção de vitamina D em casa, no simples ato de tomar Sol; porque passar por experimentos dolorosos e diversos gastos que poderiam ter sido evitados?
Vivo uma quantidade considerável de "guerras particulares"... Lutando a cada minuto que estou lá fora, contra a caixinha do sistema.
Ao voltar para dentro de casa, ainda comentei com ela.
"Ai, que maravilhoso! Vamos aproveitar enquanto ainda não estão cobrando por isso!"

Por: Simone

Beijinhos e bom dia.









08/04/2017

08-04-2017 : 17:10

Eu sei que o mundo pertence aos injustos.
E por saber disso... A única coisa que eu peço, é que quando Deus resolver me levar, que seja para um lugar longe de machismo... Onde eu não valesse menos por eu ser mulher.

Não me importo em arrastar correntes, empurrar pedras ou trabalhar nas minas.
Só quero valer igual.


Por: Simone

09/01/2017

Ufa... O sabor. (19:25)

Desci do ônibus e vim para uma loja para postar aqui... Nossa! Como sinto falta! 
Ainda estou sem computador meu... E confesso que no celular dá uma preguicinha de escrever.... É meio complicado mas irei dar um jeito de tentar. 

Ainda estou trabalhando no mesmo lugar... Espero conseguir ir para outro e ser mais feliz profissionalmente. Sei que isso é muito raro na minha vida, mas desejo que pelo menos eu possa ter digamos, mais dinheiro no bolso. 

Continuo com meu espaço, mas ficando um pouco mais lá com a bio. Ela viu que faço falta. Às vezes esquece da minha importância, mas logo lembra, esquece.... Vai da vontade neh?! 

Quando quero vou lá para meu espacinho.
Meus momentos comigo mesma estão um pouco mais restritos, mas quando to afim chuto o balde e meto o pé. 

Enfim... Tá um frio do caral.... aqui, Odeio ar condicionado no máximo! Não vejo melhor luxo nisso! Affff... Coisas da vida. To na loja dos outros... Fazer o quê. Mas uma das coisas mais maravilhosas do mundo... É ter privacidade, ainda que, num ambiente aberto.  Ninguém me conhece, ninguém quer saber quem eu sou, e estão pouco se lixando para a minha vida. 

Ja percebi que a minha felicidade total será com um computador mesmo, pesado, com CPU e teclado. rs Mas vou ganhar um note, e vou procurar dar uma adaptada. 

Amo escrever, com privacidade, longe de idiotas de olhares maliciosos. É isso. 
Acho que é melhor até do que comer comida japonesa! Juro! O sabor da privacidade é um dos melhores sabores do mundo.

E ainda bem que meu blog ainda tá aqui. rs. Ai que saudade!
Espero poder postar mais,..

Beijimmmsss!!!